domingo, 22 de dezembro de 2013

sábado, 14 de dezembro de 2013

Para lembrar...

"Se alguém te bloquear a porta,
não gastes energia com o confronto, procura as janelas.

Lembra-te da sabedoria da água: a água nunca discute com os seus obstáculos, mas contorna-os.
Quando alguém te ofender ou frustrar, tu és a água e a pessoa que te feriu é o obstáculo!
Contorna-o sem discutir. Aprende a amar sem esperar muito dos outros."


Augusto Cury

Segue o teu percurso, deslizando na vida como a água desliza num rio...

sábado, 12 de outubro de 2013

Senhora Vida

Ando à procura de ti, Senhora Vida!
Temos contas a ajustar.
Tens feito de momentos um quase medo,
Um quase sorriso,
Uma quase tristeza,
Uma quase lágrima,
Um quase grito.

Talvez até tenhas retirado o quase da minha vida
E eu é que teimo em colocá-lo.


Tu, Senhora,
Se tivesses rosto,
Já terias levado duas bofetadas.

Continuo à tua procura!
E talvez um dia a gente se acerte, ou se entenda...



domingo, 4 de agosto de 2013

"O Dinheiro faz homens ricos, o Conhecimento faz homens sábios e a Humildade faz Grandes Homens!"

   Esta frase é, sem dúvida, um conjunto de palavras mais que verdadeiro!
 Há muita gentinha à minha volta que, que porque nasceu num berço de ouro e nunca precisou de se esforçar para trabalhar, ou porque conseguiu chegar onde ansiava sem grande esforço para ter o que quer que seja, se julga no direito de humilhar, gozar, ofender e rebaixar os outros, tudo porque ocupam cargos superiores.
   O dinheiro e os cargos superiores não são tudo e a afluência de dinheiro e de estatuto trazem muitas vezes pessoas amargas, desconfiadas de tudo e todos, com uma ausência de amigos inimaginária. O poder do dinheiro muda uma pessoa, e quem sobe na vida à custa disso e deixa de ser a pessoa que sempre mostrou ser, só revela fraqueza no carácter.
   Dinheiro ajuda mas jamais trás felicidade, aquela felicidade real, que apenas sentimos porque o somos verdadeiramente e não porque "compramos" amigos, porque pagamos uns copos e organizamos grandes jantares.
   Gosto daqueles que apesar do estatuto de relevo que têm (porque lutaram para isso) me tratam da mesma forma, gosto quando são o que foram, mesmo depois de mudarem. Gosto da amizade que continuam a ter por mim, esquecendo o que vestem ou sem repararem no que uso. 
    Noto que são cada vez menos os verdadeiros Amigos.
   Os jantares com pessoas importantes, as festas a que são "obrigados" a frequentar devido aos grandes negócios impedem a estadia de algumas pessoas com os (antigos) amigos. Os cargos importantes impedem o feito de coisas simples, como por exemplo o acto de nos atirarmos para a piscina como fazíamos na adolescência, impedem as altas gargalhadas, impedem a troca de carinho. E tudo isto é imposto como proibido pois parece mal, afinal "somos importantes". 
   Quando chegamos a um ponto, em que o importante é a vida social e os negócios, em que o importante é a gravata enfiada no pescoço ou o vestidinho de cerimónia e os saltos altos, deixa de haver amizade, pois "tudo o resto" fica noutro mundo.
   Pobres os que só têm dinheiro.
   Ricos, os que, humildemente, sabem viver com o seu conhecimento.

quarta-feira, 31 de julho de 2013

Aqui...

Todas as noites me sento aqui,
Aqui neste chão onde coloco algo macio,
Amortizo possíveis quedas.

Fecho os olhos e deixo que uma melodia me envolva.
Espero que a música me invada os pensamentos...
E por instantes sinto o beijo que a vida me dá.

Como é bom sentir cada nota, cada compasso.
E poder sentir é como brincar de se ser feliz...

quarta-feira, 17 de julho de 2013

A minha filha mata-me a rir!

"Mamã, onde estão os teus pêlos públicos?"

(Mas onde é que ela terá ouvido falar em pêlos "públicos"?

sexta-feira, 12 de julho de 2013

Fios de carinho

Fios de seda, fragmentos de ternura.
Fios que se entrelaçam
Nos beijos partilhados,
Fios brancos, reluzentes de amor,
Fios frágeis quando há dor.
Bichinhos de seda rebolam
Em leves fios desfeitos.
Parecem transparentes, como uma teia,
Fios atados que a saudade deixou.
Teias de amor que a vida firmou.
O beijo é o resultado na memória
De linhas da teia que ficam na história.
Quero tecer um caminho,
Sentir o mais sincero afago.
Quero a continuação de uma teia.
Quero de novo sentir os fios...
Fios claros, de carinho.
Quero tecer beijos de abraços.
Mesmo que não sejam inteiros,
Podem apenas ser pedaços.

terça-feira, 2 de julho de 2013

Dica do dia


Nunca uses frases que funcionam como programadores mentais. Aquela coisa do "isso já não é para a minha idade", "a minha energia já não é o que era", "os anos pesam" passou completamente de moda!

Afinal, quantas avózinhas deixaram de fazer camisolas de malha e substituiram essa actividade por uma ida ao ginásio, por exemplo!?

Porque é que em vez de afirmarmos "Não consigo fazer aquilo", substituimos por "Não sei se consigo mas sou bem capaz de tentar!"

Porque não pensar que "a cada dia que passa controlo melhor a minha energia" ou "cada vez sou mais flexível"!?

quarta-feira, 26 de junho de 2013

Piropo do dia

Enquanto passeava de mão dada com a minha pequenina, grita um palerma qualquer:

"Era uma mãe dessas que eu queria para me dar colo!"

Nem precisei dizer nada, a minha peste foi muito despachada:

"Olha arranja outra que esta mamã é minha e eu não quero irmãos!"


Ahahahah :)

terça-feira, 4 de junho de 2013

O Desejo é Louco!

O desejo assola-me muita vez!
Sendo o desejo um tipo de sentimento alucinante
Porque me assusta?
Talvez porque quando se sente seja arrebatador.
Os momentos e as palavras de sedução
são inexplicáveis, transcendentes, são de extremos.
Tremo por dentro...
Às vezes silencio a vontade de o sentir,
Tento eliminar o devaneio.
Mas nem sempre o consigo parar...
É bom senti-lo mas ele impõe respeito!

É uma sensação estranha a vontade de te tocar.
O desejo não ouve palavras,
A loucura não quer saber delas!
A sedução não fala!
Não diz nada mas vem de mansinho...
Silenciosa, cheia de picos no caminho,
Vem vestida com um manto vermelho,
Vem de olhar matador.

E lá vem ele, o desejo...
Vem atrás da sedução e julga-se importante!
Vem sem cautela, sem meias-palavras,
Vem calado mas com uma vontade enorme de me possuir.
O desejo é louco!
Tenho medo deste desejo, e não é pouco.
É que nem sequer pede licença para entrar....

terça-feira, 21 de maio de 2013

A parte emocional

Não sou pessimista, mas em tempos fui muito assim. Hoje declaro-me realista e tento por optimismo onde posso, onde consigo...
Fui aprendendo algumas técnicas comigo mesma e tenho reparado que, na maioria das vezes, estas técnicas me têm sido muito úteis.
Muitos de nós têm tendência a fazer perguntas destrutivas a nós mesmos:
"Porque é que tudo me corre tão mal?"
"Porque é que perdi aquela pessoa?"
"Porque é que não atinjo o peso que quero?"

Eu era um pouco assim, e com o tempo moldei-me. Pensamentos negativos não nos trazem nada de bom.
Hoje continuo a fazer-me perguntas, mas que me levem a respostas positivas e possibilitadoras de me fazerem sentir bem.
"O que é que eu posso fazer para que isto me corra bem?
"O que é que vou fazer para conseguir ultrapassar esta fase?"
Até pode ser difícil, até pode acontecer que as coisas não corram como eu pensei e desejei. Até pode ser que não consiga... mas, e então?
 Posso tentar outra vez?

A maneira como estas tais questões são feitas condiciona totalmente a forma como encaramos os problemas, e a forma como conseguimos as respostas...

Is that true?

segunda-feira, 13 de maio de 2013

Coisas que aprendi

Aprendi que se aprende muito quando se erra;
Que crescer nao significa apenas somar aniversários;
Que o silêncio às vezes é a melhor resposta;
Que conquistamos amigos sendo nós mesmos;
Que os verdadeiros amigos estão connosco sempre;
Que não se espera que a felicidade chegue, procura-se... tentando;
Que quando penso saber tudo, ainda nao aprendi nada;
Que quando não sei nada, reparo que sei muita coisa;
Que a natureza é uma das coisas mais perfeitas da vida;
Que amar significa respeitar;
Que apenas um dia pode ser mais importante do que muitos anos;
Que se pode viajar além do infinito;
Que sonhar é preciso e procurar realizar esses sonhos é ainda mais necessário;
Que se deve ser criança a vida toda;
Que se deve tentar viver sempre entre sorrisos...
Entre os nossos sorrisos e entre os sorrisinhos dos outros!

quinta-feira, 2 de maio de 2013

Duvidas matinais

(Enquanto bebia o leite...)

(Pestinha) - Mamã, o leite vem da vaquinha?

(Eu) - Sim, já te tinha explicado. Mas porquê?

(Pestinha) - Ontem o R. riu-se de mim.

(Eu) - Riu? Ai o malandro. Mas riu-se de quê?

(Pestinha) - Eu disse-lhe que o leite vem da vaquinha e o leitão vem do boi.

(LOL!)

quinta-feira, 25 de abril de 2013

Choose Portugal


Eu não tinha dúvidas mas ao ver este vídeo fico com a certeza de que o meu país é mesmo o mais bonito.
Mas entretanto paro para pensar e pergunto-me:
Se Portugal tem tudo isto para nos oferecer o que estão milhões de portugueses a fazer fora dele?
Porque se foram amigos meus embora, se partilhavam a mesma opinião que eu?
Irá este vídeo ajudar ao investimento dos estrangeiros? 
Será que estas bonitas imagens apagam os momentos assustadores de quem cá consegue (ainda!) sobreviver? 
A sobrevivência por aqui... É isto que me está a assustar. Quando se vêem cortes na saúde como se tem verificado, onde podemos nós encontrar um escape, um porto de abrigo, uma segurança, uma luz? O que podemos encontrar nos momentos em que qualquer um de nós pode realmente... precisar?

domingo, 7 de abril de 2013

Há pessoas


Há pessoas que não mudam a nossa vida,
Mas colocam-nos um sorriso no rosto
Simplesmente fazem parte das vivências...
Porque quisémos, porque aconteceu.
Porque foi assim e foi bom ter sido.

Há pessoas que passaram nas nossas vidas,
Foram embora mas deixaram lembranças de momentos únicos.
Algumas ausentaram-se porque quiseram,
Outras porque teve de ser.
Foram como ventos, foram com a brisa.
E até o vento mais ameno deixa marcas.

Há pessoas que apenas passaram por nós
E em vez de marcas, deixaram manchas.
Mas até a essas pessoas agradeço terem existido
Por me terem ensinado a não ser como elas.

Há pessoas que simplesmente mudam um pouco da nossa vida,
Aos poucos, baralham o sentido dos nossos dias. 
Não sei porquê...
Mas gosto.
Não tem de ser mau,  é apenas diferente!

Tudo isto, porque simplesmente... há pessoas!

domingo, 24 de março de 2013

Motivação física

Não que esteja gordinha ou que necessite de emagrecer mas neste ano decidi que tinha de fazer algo útil para o meu bem-estar.
Depois de deixar de fumar, em Janeiro, resolvi moderar um pouco no que diz respeito à definição de objectivos relacionados com a nutrição e o exercício físico.
Tenho abusado nas porcarias, pizzas, mac´s, doces, fritos... enfim, tudo é que é bom! :)
E o que fiz eu? Comecei a caminhar, a mexer-me! 
 Estabeleci algumas condições para poder experimentar facilmente a minha evolução e a partir daí seguir caminho. E... Uau! Sinto-me bem mais saudável. Estava cansada de só sentar o rabito no sofá! Sinto-me mais leve, e não me refiro ao peso, refiro-me à alma.

Para esta evolução há uma regra muito importante que a maioria de nós não respeita, o começar lentamente, e só depois de avaliar as nossas capacidades, tentar mais um pouco.

Eu nunca faria como algumas das minhas amigas "Vou matar-me a treinar/caminhar 5 vezes por semana!".  NÃO! Nunca faças isso!
Quase todas as minhas amigas desistiram do ginásio ou das caminhadas e olhem que até começaram com mais "pica" que eu... As poucas que continuaram "na guerra", concluíram que o meu sistema é que realmente funcionava.
Eu aprendi com o tempo uma coisa muito importante, aprendi que uma elevada crença num objectivo é criar as condições perfeitas para... FALHAR!

Eu comecei a caminhar uma vez por semana, depois inscrevi-me nas aulas de aeróbica, duas vezes por semana, uma horita por dia. a acrescentar ao dia da caminhada.
Cumprir com os objectivos a que me destinei é celebrar o sucesso, aumentando gradualmente o número de saídas em sapatilhas. Não vos parece bem?

sexta-feira, 22 de março de 2013

Carpe Diem

Não se nasce feliz, temos de batalhar para fazer a Vida valer a pena.
Nunca invejei nada de ninguém, com maldade, porque sou eu que vou criando a minha própria felicidade, os bons momentos, mesmo que não sejam tão frequentes como os que já tive um dia.
Tento ser feliz à minha maneira. Se faço sempre o certo, não sei... mas tento fazer o melhor que posso.
Mesmo que erre, que "meta a pata na poça", tento escavar mais fundo até encontrar um tesouro e um novo mundo para descobrir...

terça-feira, 19 de março de 2013

Pai de qualquer jeito

Tem pai que ama,
Tem pai que esquece do amor.
Tem pai que adota,
Tem pai que abandona,
Tem pai que não sabe que é pai,
Tem filho que não sabe do pai.


Tem pai ...
Tem pai que dá amor.
Tem pai que dá presente,
Tem pai por amor,
Tem pai por acaso,
Tem pai que se preocupa com os problemas do filho,
Tem pai que não sabe dos problemas do filho...

Tem pai ...
Tem pai que ensina,
Tem pai que não tem tempo,
Tem pai que sofre com o sofrimento do filho,
Tem pai que deixa o filho esquecido.

Tem pai de todo jeito
Tem pai que encaminha o filho,
Tem pai que o deixa no caminho,
Tem pai que assume,
Tem pai que rejeita,
Tem pai que acaricia,
Tem pai que não sabe onde está o filho que precisa de carinho.
Tem pai que afaga,
Tem pai que só pensa em negócios.

Tem...
Tem pai de todo jeito.
E você???
Que tipo de pai você é?


Eu quero um pai, apenas um pai que esteja consciente do amor
que tem para dividir...
Eu quero um pai, apenas um pai que seja AMIGO!

 

E EU? Eu tenho o melhor Pai do Mundo.
Aquele que sempre foi PAI com "P" grande, aquele de quem me orgulho e que amo de coração! Aquele que não é Pai de qualquer jeito, tem sim, um jeito especial para ser bom Pai.

FELIZ DIA, PAI!

sexta-feira, 8 de março de 2013

Bom dia Mulheres!

Feliz dia Mulheres! O nosso dia são TODOS os dias, nunca será só hoje. Nunca esquecer disso!
Mas hoje é o dia destinado a comemorar, sair, conversar, dançar, rir, aproveitar o dia ao máximo. Hoje vamos relembrar umas às outras e mostrar aos homens que crescemos mas ainda conseguimos ser princesas, porque somos especiais. Afinal somos Mulheres...

Eu vou sair com um grupo de mulheres lindíssimo, somos 13 princesas encantadoras, sonhadoras, lutadoras, somos especiais porque temos a força de uma Mulher. Somos amigas. Somos únicas!

A noite promete! Vamos jantar, um banquete com tudo a que temos direito e... bem... hoje é dia de strip... mas Shiuuuu.... os respectivos namorados, namoridos e maridos só vão saber amanhã! :)

FELIZ DIA A TODAS AS MULHERES!

domingo, 3 de março de 2013

Que tristeza!

   Estou desolada. Uma prima minha foi para o hospital ter o seu filhote, ele nasceu... mas já morto. :(
   Depois de uma gravidez perfeita, calma, e agora na alegria de um menino se juntar à sua pequenina, ficou sem o filho. Decorria um parto normal quando se aperceberam que o cordão umbilical estava enrolado ao pescoço, fizeram-lhe uma cesariana de urgência porque o bébé estava em sofrimento mas nasceu já sem vida.
  Não tenho palavras, ainda nem consegui ligar-lhe, deixei-lhe no facebook uma mensagem sentida de apoio e de vontade de estar com ela. Mas está tão longe! Nestas alturas as nossas palavras nada são perto de tanta dor mas quero que ela saiba que o meu coração e o meu pensamento não estão aqui, mas sim lá.
   Já chorei, às vezes coloco-me na pele das pessoas (por momentos) e só de me imaginar numa situação idêntica, penso que morreria de desgosto. 
   São nove meses de espera, nove meses de afectividade, de vontade de conhecer um sorriso que faz milagres, nove meses fortes e inexplicáveis de um amor que cresce dentro de nós, cada dia mais e mais! São nove meses a decorar um quarto, a comprar roupinha, são nove meses de preparação para receber uma vida... que depois se perde.
  


quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

sábado, 23 de fevereiro de 2013

Parece que foi ontem...


Tão pequeninas, tão bonitas...
Ainda hoje perco o meu olhar nas tuas mãos.
Mãos cheias de vida, belas.
Mãos que me enrolam o coração!
Tudo o que pedi aos céus está comigo.
Carinho, o teu sorriso e amor
Juntos num só caminho.
Se a tua mão se afastar da minha
Vou correr para a encontrar...
Temos as linhas cruzadas num só destino.
Minha princesa de mãos lindas,
Frias e molhadas,
Uma coisa eu te prometo:
As palmas das nossas mãos
Nunca deixarei que sejam quebradas.

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

Gaiola?

"Mamã, temos de ir comprar uma gaiola nova para os peixinhos filhos".
Nem sequer temos peixinhos voadores! :)

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

Ainda da escola...

Tinha de se dar!
Lembram-se do post em que falei sobre a "ordem" da professora em enviar trabalhos de casa não só para os alunos mas também para os seus pais?
Pois bem, começaram guerrinhas entre alguns pais e a professora. Todos querem ter razão. Pelos vistos perrices não vão faltar. E não me refiro às perrices das crianças!

Esta semana o Trabalhinho de casa para crianças e pais foi o seguinte:
* A professora mandou um pequeno livro pelas crianças para os pais lerem aos filhos. Depois disso, o aluno teria de levar como T.P.C. um desenho alusivo à história.
Já os pais teriam de enviar uma frase sobre a motivação à leitura.

A professora hoje de manhã estava com os cabelos em pé, porque o pai de uma aluna fez o trabalhinho dele e enviou a seguinte frase:
"O livro é um excelente instrumento de ensino, QUANDO OS ALUNOS SABEM LER!"

Epah, não comento. :)

sábado, 16 de fevereiro de 2013

Caminhada

A vida é a nossa caminhada contínua.
Nunca ninguém disse que uma grande caminhada era fácil. Por vezes é dura, a estrada é muitas vezes feita com a terra mais miserável, com o pior alcatrão e os nossos pés são sensíveis, nunca serão de pedra. Mas se a caminhada for dura, faz-te duro como cada pedra. Só os duros conseguem continuar o caminho.
Caminho sorrindo, em alguns dias são sorrisos espontâneos, noutros obrigo-me a sorrir. Não devemos esperar sorrir apenas na mais bonita chegada. Todos os passos são importantes, cada um à sua maneira.

Nesta caminhada já aprendi a amar menos, mas o menos que amo continua a ser com muita intensidade. Aprendi a ser mais fria, mas a quentura do meu corpo ainda a consigo sentir. Aprendi que não me acostumo sem beijos ou abraços. Aprendi que até as pedras sonham quando estão sozinhas. Aprendi que pouco tempo pode ser muito e que muito tempo por vezes é tão pouco.

Na caminhada temos de aprender a perder, para ganharmos depois a verdade. Temos de lidar com as pedras que encontramos no caminho, com os arbustos inesperados. São as adversidades da vida.
Caminhamos muitas vezes lado a lado com pessoas que não nos dizem nada, mas temos também aquelas que nos dão sempre a mão, aquelas que não nos deixam caminhar em falso. Cruzamo-nos com desconhecidos que encontramos por acaso mas por vezes é com estas criaturas que se criam vínculos difíceis de explicar. Surgem laços de amizade numa estrada em que os quilómetros desaparecem.
E é assim que caminhamos e aprendemos, bem ou mal, mas com a certeza de que vamos guardando amigos para a vida inteira, para uma caminhada sem fim à vista. Amizades que são o nosso suporte nos dias frios, amizades que nos abraçam com o calor que nos aquece a alma.
São pessoas amigas que a caminhada nos coloca nas mais diversas encruzilhadas, nos caminhos mais estranhos! São caminhantes na nossa vida.

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

LIEBSTER AWARD

Porque este mundo dos blogues tem pessoas muito especiais, e uma delas é a querida Paula, do blog Esboços de quem sou que me ofereceu este lindo prémio que teve origem na Alemanha e tem como objectivo divulgar blogs com menos de 200 seguidores.


AS REGRAS SÃO:

1. Postar 11 coisas sobre mim;
2. Responder às 11 perguntas que nos foram atribuídas;
3. Nomear 11 blogs com 200 ou menos seguidores, colocar o link do blog e avisar sobre o prémio;
4. Fazer novas 11 perguntas aos blogs nomeadas;

1 - 11 coisas sobre mim
A pessoa mais especial para mim é, sem dúvida, a minha filha!
Detesto que me mintam, fico fula!
Sempre sonhei ser enfermeira e hoje lamento a minha desistência.
Gosto de andar de avião.
Admiro mais animais do que muita gente.
Gosto de estar em silêncio para pensar.
Não gosto de favas.
Adorava ter uma casa enorme, com piscina (e já agora empregados). :)
Quero ganhar o euromilhões.
Gosto de pessoas bem dispostas.
Gostava de ir ao Brasil.

2. Responder às 11 perguntas que nos foram atribuídas
 

1. O que vos faz sorrir? » As coisas mais simples e parvas. :)2. O que vos entristece? » O sofrimento de alguém que me é muito próximo.3. Como se sentem neste preciso momento? » Infelizmente, Doente.
4. Qual é o blogue com quem mais se identificam? » Se calhar encontramos um pouco de muita coisa em cada blog onde passeamos os olhos...5. Se pudessem escolher outra profissão diferente da que fazem agora qual seria? » Enfermeira, claro.
6. Se pudessem voltar atrás no tempo o que fariam de diferente? » Tudo!7. Se preferissem ter outro nome qual seria? » Gosto do meu nome.
8. Se pudessem viver noutro país qual seria? » Continuava neste. Mandava era os políticos para outro.
9. Acreditam em vida noutros mundos? » Nem por isso.10. Qual é a musica que mais mexe convosco? » Tenho um carinho especial pelo "Lado Lunar" do Rui Veloso.11. Qual é nome pelo qual mais gostam que vos chamem? » Depende de quem me chama. :) Mas o diminutivo do meu nome fica sempre bem.

3. Nomear 11 blogs com 200 ou menos seguidores, colocar o link do blog e avisar sobre o prémio
A minha vida aos 30 anos
Chill
Expressividades
Diário de 1 Ano Bom
Vivemos o que Aprendemos
Simples e Saboroso
Porque é giro ter um blog
Pensamentos Parvos
Pensamentos e experiências
Ondas de Aquário
O Ninho da Sereia

4. Fazer novas 11 perguntas aos blogs nomeadas

1. O que gostavas que te acontecesse em 2013?
2. Qual é a tua cor preferida?
3. Qual é o teu maior defeito?
4. Entraste no mundo dos blogues como?
5. Estás satisfeita/o com a tua actividade profissional?
6. Olhas para trás e achas que tens sido feliz?
7. O que mudavas em ti?
8. Tens orgulho do teu País?
9. O que pensas da morte?
10. Música que aprecies e que queiras partilhar connosco?
11. És diferente desde a criação do teu blog ou nada mudou?

sábado, 2 de fevereiro de 2013

Relação casa/escola

   De maneira a participar de forma mais activa na relação casa/escola a professorinha deste ano resolveu mandar actividades para os pais fazerem em casa com os fillhos. Isto porque, segundo ela, muitos pais optam por "despejar" os filhos na escola/infantário e afirma que a maioria dos pais agem de forma errada na educação dos filhos, muitas vezes porque pensam que o que tem de ser feito cabe diáriamente e exclusivamente aos professores/educadores.
   Concordo com a iniciativa e é verdade que alguns pais (espero que poucos) não acompanham da melhor forma os filhos. Para mim é um SIM à criação de uma reciprocidade positiva, é uma forma de acompanharmos os nossos filhos e de manter interação entre os dois meios. Acho isso importante.

   Como é óbvio isto desencadeou revolta em alguns pais que logo "reclamaram", impondo o descontentamento junto à professora. Cansados de um dia de trabalho, não estão para pintar desenhos com os filhos, ler livros à noite, fazer puzzles, recortar letras e números, uma série de coisas que a professora propõe, quase obrigatóriamente...
É claro que também percebo bem estes pais. Há dias em que não temos tempo nem para nós, nem para eles, quanto mais para fazer actividades "obrigatórias" que a professora manda para os pais! Afinal os exercícios, os trabalhos de casa, são para quem, afinal? Para os filhos ou para os pais?
   Segundo a professora, os pais não estão a querer colaborar com a educação dos filhos, coisa que é estritamente da sua responsabilidade. Segundo os pais, a professora tem de trabalhar com eles nas aulas!

   Eu fico na ponte que está entre os dois lados. Tanto estou em desacordo como em acordo com as duas partes. Tem de haver consenso! Penso que se não forem actividades obrigatórias para aquele dia, nem todos os dias, é fácil para os pais brincarem com os filhos ao jogo dos trabalhos de casa. Só tem que haver bom senso...
   Afinal qual dos pais não leu já um livro ao filho antes de ir dormir? Quem não brincou com eles na sala antes de irem dormir? Quem não lhes mostrou um jogo didáctico? Quem não montou um puzzle?
   São coisas que já vamos fazendo outras vezes, mas sem sentir a tal Srª Obrigatoriedade, uma imposição de alguém de fora.

quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

O brilho


Tudo o que brilha só por fora, não é brilhante,
Os melhores brilhos não se vêem verdadeiramente.
O brilho mais intenso é simples e não é abundante,
Dificilmente se observa superficialmente,
mesmo sendo um  brilho atraente e luminoso.
Nem todo o brilho é como se vê nem como se imagina.
Nenhum brilho é como nos sonhos.
Quando admiro as estrelas ninguém vê mas eu sinto os meus olhos a brilhar.
O verdadeiro brilho é assim, inesperado.
Pôe-me o coração a cintilar sem ser notado.
Brilha quando menos se espera.
Aquele brilho sem cor, o brilho transparente, o brilho que não tem vaidade.
Gosto do brilho que brilha e não é brilhante!
Gosto de um brilho de verdade!

sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Uma mulher de salto alto será sempre uma grande mulher!

Uma mulher de salto alto é feminina,
É sensual na sua presença.
Passa a ser mulher, deixando de ser menina.
É forte com o seu andar de furacão
mesmo quando se sente insegura.
Uma mulher de salto alto tem porte,
Não só altura.
Quando se calça nasce-lhe auto-estima!
Uma mulher de salto alto é misteriosa
É princesa e sereia, numa mistura poderosa.
Uma mulher de salto alto não é santa nem é vadia,
Possui uma beleza irreconhecível.  
Com aquele balançar de pés 
A mulher é simplesmente inesquecível!

domingo, 13 de janeiro de 2013

Dá que pensar!

 “Ao nascer, você dividirá seu aniversário com mais de 17 milhões de pessoas. Durante os seus 11 anos de estudos antes da faculdade, você terá uma média de 17 amigos.

Quando chegar aos 40 anos, este número terá baixado para dois. Em seu corpo, crescerão 950 km de cabelo. Você vai rir, em média, 18 vezes por dia. E andará o equivalente a 3 voltas ao redor do planeta Terra. Comerá 30 toneladas de comida. Beberá mais de 9 mil xícaras de café, e terá uma chance em 10 de ser eletrocutado.
Em média, você passará 10 anos de sua vida no trabalho, 20 anos dormindo, 03 anos sentado no vaso sanitário, sete meses esperando no trânsito, e 02 ½ meses esperando no telefone.

Passará 12 anos assistindo televisão, e 19 dias procurando o controle remoto. De modo que, depois de tudo isso, só lhe resta 1/5 de sua vida para ser vivida. Portanto, é melhor começar!”

   Vamos lá então 2013, vamos dar importância a quem merece.
 
O tempo passa muito rápido e vivemos tão pouco.
Perdemos tanto tempo com discussões inúteis.
Dormimos mais do que sorrimos, vamos perdendo amigos ao longo dos anos. Trabalhamos demais!
Muito provavelmente já vivi cerca de metade do tempo que me vai ser destinado viver (ou não!) e fico a pensar seriamente nisto: FIZ TÃO POUCO AINDA!
 
É bom perceber quem nos acompanha não só nos bons mas também nos maus momentos...
É tão reconfortante receber como retribuir um sorriso sincero, sem culpa ou obrigação...
É tão bom sorrir, abraçar, amar, partilhar...
É tão bom viver das brincadeiras, dizer todos os disparates a quem confiamos, partilhar momentos com quem se gosta mesmo.
É tão bom saber que cada minuto vale a pena enquanto o sorriso permanece no rosto, sentir que cada segundo é precioso e ter a certeza de que, em todas as horas, Vivo!!!

sábado, 12 de janeiro de 2013

Ainda do Natal

   Esta foi uma das poucas prendas que pedi. E que remédio tiveram senão oferecerem-me este livrinho que já fez correr muita tinta.

    Depois de várias opiniões, de tanta conversa de café, é a minha vez de me entreter com estas letras para depois opinar e quem sabe tirar ideias... lololol.
   (Para já estou a gostar...)

quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

Ideias sem crise :)

Anúncio num jornal:

Somos um restaurante pequeno e casual no centro da cidade estamos à procura de músicos para tocarem de graça no nosso restaurante, podendo assim promover a sua musica e vender os seus CDs. Este não é um emprego diário mas sim para eventos especiais que eventualmente se tornarão eventos diários, se a resposta do público for positiva. Preferimos que toquem Jazz, Rock, e outros ritmos mais leves, de todo o mundo e de várias culturas.
Estas interessado em promover o teu trabalho?
Então contacte-nos o mais rápido possível.
 
Resposta de um Músico:

Feliz Ano Novo! Eu sou um músico com uma casa grande à procura de um dono de restaurante que venha à minha casa promover o seu restaurante ao fazer comida de graça para mim e para os meus amigos. Isto não acontecerá diariamente, mas a principio em eventos especiais os quais poderão eventualmente crescer e se tornar algo grande e diário, se a resposta for positiva. Preferimos carne de primeira e refeições exóticas e de diversas culturas.
Está interessado em promover seu restaurante?
Então comunique-me urgentemente
!